for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up

Demanda por voos da Azul estende retomada em setembro, mas ainda cai 59% ano a ano

Mulher usando máscara de proteção passa pela frente de painel mostrando informações de pousos e decolagens em aeroporto. 16/3/2020. REUTERS/Rahel Patrasso

SÃO PAULO (Reuters) - A companhia aérea Azul informou nesta segunda-feira que seu tráfego de passageiros consolidado em setembro subiu 23,5% ante agosto, estendendo a recuperação dos últimos meses.

No entanto, o número ainda foi 59,4% menor do que em setembro de 2019, refletindo os efeitos devastadores das medidas de isolamento social tomadas desde março para conter a pandemia da Covid-19.

A oferta de assentos pela companhia em setembro foi 16% maior na base sequencial, mas 57,9% mais baixa do que um ano antes. Com isso, a taxa de ocupação de 80,2%, alta de 4,8 pontos percentuais sobre agosto e queda de 3,1 pontos ano a ano.

Por Aluísio Alves

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up