for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up

Lighthizer diz que políticas comerciais dos EUA funcionam apesar de salto em déficit comercial em agosto

Robert Lighthizer, representante comercial dos EUA 16/09/2019 REUTERS/Al Drago

WASHINGTON (Reuters) - O representante comercial dos Estados Unidos, Robert Lighthizer, afirmou nesta terça-feira que o maior déficit comercial norte-americano em 2020 se deve em grande parte às importações de ouro não monetário (fora de reservas detidas por autoridades oficiais) e que as políticas comerciais do presidente Donald Trump estavam funcionando, apesar de um déficit comercial de 67,1 bilhões de dólares em agosto, o maior em 14 anos.

Em um comunicado, Lighthizer disse que o maior déficit comercial em agosto foi devido ao desempenho mais forte da economia dos EUA em meio à pandemia do coronavírus em comparação aos seus parceiros comerciais do G7.

“Basicamente, muitos de nossos parceiros foram mais negativamente afetados pela pandemia do que nós”, disse Lighthizer em resposta aos dados do Departamento de Comércio.

Por David Lawder

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up