for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up

Indicador Antecedente de Emprego do Brasil tem 5° salto consecutivo em setembro, diz FGV

Mulheres olham anúncio de oportunidades de emprego no centro de São Paulo 30/09/2020 REUTERS/Amanda Perobelli

SÃO PAULO (Reuters) - O Indicador Antecedente de Emprego (IAEmp) do Brasil registrou seu quinto mês consecutivo de alta em setembro, apesar de ter apresentado desaceleração do crescimento a partir de julho, disse a Fundação Getulio Vargas nesta quarta-feira.

O IAEmp subiu 7,2 pontos em setembro, para 82,0 pontos. Em médias móveis trimestrais, o indicador avançou 8,4 pontos, para 74,3 pontos.

“A alta de setembro aproxima o IAEmp dos níveis pré-pandemia, considerados não muito elevados historicamente”, disse em nota Rodolpho Tobler, economista da FGV IBRE. “Para os próximos meses, ainda é possível enxergar fatores que podem adicionar riscos à sustentabilidade da retomada, como a elevada incerteza e o fim dos programas governamentais de apoio nesse período da pandemia.”

O Indicador Coincidente de Desemprego (ICD) manteve-se em 96,4 pontos em setembro, disse a FGV. O ICD é um indicador com sinal semelhante ao da taxa de desemprego, ou seja, quanto menor o número, melhor o resultado.

Por Luana Maria Benedito

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up