for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up

Processo de resgate por fundos não tem acelerado na margem, diz Serra

Sede do Banco Central em Brasília 29/10/2019 REUTERS/Adriano Machado

BRASÍLIA (Reuters) - O diretor de Política Monetária do Banco Central, Bruno Serra, avaliou nesta quarta-feira que o processo de resgate pelos fundos não tem acelerado na margem e que o quadro, em relação a esse risco prudencial, está mais tranquilo do que os cenários mais preocupantes poderiam sugerir.

Em live promovida pela Renascença DTVM e Panamby Capital, Serra também pontuou que, com o Tesouro recuperando as LFTs como instrumento de captação, o governo voltará a conseguir emitir seu instrumento tradicional para a indústria de fundos e “essa questão técnica vai sair de cena como pressão”.

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up