for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up

Correção: Vendas de moradias usadas nos EUA superam expectativas para setembro

Placas anunciam novas casas à venda em vários novos empreendimentos no Condado de York, Carolina do Sul, EUA, 29 de fevereiro de 2020. REUTERS/Lucas Jackson

(Corrige no 1º parágrafo para “mais de 14 anos” em vez de “mais de 14 anos e meio”)

WASHINGTON (Reuters) - As vendas de moradias nos Estados Unidos saltaram para uma máxima em mais de 14 anos em setembro, impulsionadas por taxas de hipotecas historicamente baixas, mas os preços recordes em meio a uma escassez de casas podem conter ganhos adicionais.

A Associação Nacional de Corretores de Imóveis dos EUA informou nesta quinta-feira que as vendas de moradias usadas saltaram 9,4% no mês passado, para uma taxa anual ajustada sazonalmente de 6,54 milhões de unidades, maior nível desde maio de 2006.

Os dados de agosto foram revisados para uma taxa de 5,98 milhões de unidades, contra leitura anterior de 6 milhões de unidades.

Economistas consultados pela Reuters previam alta de 5% nas vendas em setembro, para uma taxa de 6,30 milhões de unidades.

Por Lucia Mutikani

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up