for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up

S&P 500 patina com mercado à espera de notícias sobre estímulo

Nova York, 3 de janeiro de 2019. REUTERS/Shannon Stapleton

(Reuters) - O índice S&P 500 hesitava nesta sexta-feira, com investidores aguardando sinais de progresso nas negociações sobre o próximo projeto de ajuda em resposta ao coronavírus nos Estados Unidos, à medida que as eleições presidenciais norte-americanas de 3 de novembro se aproximam.

O Nasdaq era pressionado por um tombo de 10,8% na fabricante de chips Intel, depois que a empresa relatou queda nas margens, conforme consumidores compraram laptops mais baratos, enquanto empresas e governos atingidos pela pandemia restringiram gastos com data centers.

Do noticiário sobre estímulo, o chefe de gabinete da Casa Branca, Mark Meadows, disse na noite de quinta-feira que as negociações com parlamentares sobre um pacote de auxílio do coronavírus, agora totalizando 1,9 trilhão de dólares, entraram em uma nova fase.

“Estamos meio que em espera neste ponto... ainda esperando que algo saia de Washington”, disse Paul Nolte, gestor de portfólio da Kingsview Asset Management, em Chicago.

A incerteza sobre o cronograma da legislação de alívio tem pesado sobre os principais índices de Wall Street, que caminhavam para encerrar a volátil semana em leve baixa.

Às 12:48 (horário de Brasília), o índice Dow Jones caía 0,37%, a 28.259 pontos, enquanto o S&P 500 perdia 0,008976%, a 3.453 pontos. O índice de tecnologia Nasdaq recuava 0,58%, a 11.439 pontos.

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up