for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up

BC da Alemanha mantém confiança sobre economia e mercado imobiliário

Entrada do BC da Alemanha em Frankfurt. REUTERS/Kai Pfaffenbach

FRANKFURT (Reuters) - A economia da Alemanha provavelmente ainda está crescendo, embora de forma mais lenta, uma vez que o mercado imobiliário do país está se mantendo bem apesar do ressurgimento da pandemia de coronavírus, afirmou o banco central alemão nesta segunda-feira.

O Bundesbank afirmou que a maior economia da Europa está desacelerando e que o mais recente aumento nas infecções deve afetar principalmente o setor hoteleiro.

“O recente aumento forte nos números de infecções e as medidas de contenção associadas adotadas em algumas regiões podem afetar principalmente os setores de serviços e indústria hoteleira”, disse o Bundesbank em seu relatório mensal.

“Do ponto de vista de hoje, a economia alemã pode estar prolongando sua recuperação no trimestre atual, embora a um ritmo bem mais lento.”

O banco central também notou que a pandemia quase não afetou o mercado imobiliário e que essa tendência pode continuar desde que o impacto econômico da pandemia continue sendo temporário.

“Uma correção abrupta nos preços imobiliários não está no futuro próximo desde que não haja problemas graves à atual recuperação econômica”, disse o Bundesbank.

Reportagem de Francesco Canepa

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up