for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up

Anec reduz em 10% projeção de exportação de milho do Brasil em outubro

Milho importado do Brasil em terminal no porto de Tuxpan, México 21/02/2018 REUTERS/Henry Romero

SÃO PAULO (Reuters) - A exportação de milho do Brasil deverá alcançar 4,95 milhões de toneladas em outubro, estimou nesta terça-feira a Associação Nacional dos Exportadores de Cereais (Anec), que reduziu a projeção em 10% ante a semana anterior.

Com isso, os embarques do país, segundo exportador global, também ficariam 10% abaixo do registrado no mesmo período do ano passado.

Na semana de 18 a 24 de outubro, os embarques de milho somaram 1,22 milhão de toneladas, enquanto a exportação de 25 a 31 de outubro foi projetada em aproximadamente 1 milhão de toneladas, com base na programação de navios.

O total embarcado de milho nos dez primeiros meses de 2020 deverá somar 25,1 milhões de toneladas, uma queda de 8,6 milhões de toneladas na comparação com o mesmo período de 2019, quando os embarques atingiram um recorde.

Já a exportação de soja projetada para outubro ficou praticamente estável ante o estimado na semana anterior, a 2,38 milhões de toneladas, elevando o total no ano a 81,6 milhões de toneladas, versus 65,8 milhões no mesmo período do ano passado.

Por Roberto Samora a Ana Mano

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up