for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up

Executivos de finanças mostram inquietação com eleição apertada nos EUA

30/09/2008 REUTERS/Lucas Jackson

NOVA YORK/LONDRES (Reuters) - Wall Street e executivos financeiros globais aguardam ansiosamente um vitorioso claro na eleição presidencial dos Estados Unidos de 2020 depois que o presidente Donald Trump declarou vitória, provocando temores de uma contagem prolongada que mantenha os mercados e as empresas nervosos.

Embora o presidente republicano tenha dado enormes isenções fiscais para a indústria e vitórias com desregulações, seu primeiro mandato também foi marcado por volatilidade e imprevisibilidade, particularmente no comércio internacional.

Mas embora muitos executivos tenham dito que não defendem todas as políticas do desafiante democrata Joe Biden, eles acreditam que ele será mais previsível e melhor para o país.

“Houve muita trepidação para essa eleição. Havia pessoas esperando violência. A Casa Branca foi isolada”, disse David Bailin, diretor de investimentos da área de private banking do Citi.

“Adivinha? Agora temos algo para nos preocuparmos. Se houvesse um resultado claro, haveria um dia de atividade. Uma disputa prolongada dados os tipos de tensão pode ser algo mais feio”, disse ele.

Investidores globais começaram nesta quarta-feira a reverter algumas apostas em Biden que havia levando a um salto nos principais índices de Wall Street na terça-feira.

Os mercados acionários, incluindo os futuros dos EUA, apresentavam forte volatilidade, conforme as projeções de votos em alguns Estados decisivos aparentavam favorecer Trump.

Bancos europeus que colocaram funcionários para trabalhar durante a noite informaram uma longa noite de conversas com clientes nervosos. Jim McCormick, chefe global de estratégia de mesa do banco britânico de investimento NatWest Markets, disse que será um cenário de “toda a ajuda possível” com o resultado ainda tão incerto.

Analistas disseram que pode levar dias para que todos os votos nos Estados decisivos sejam contados, deixando investidores e gerentes de fundos diante de uma longa espera antes que o resultado seja garantido.

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up