for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up

Wall St tem forte alta com apostas em Congresso dos EUA dividido

Operador fala ao telefone do lado de fora da Bolsa de Nova York um dia depois das eleições nos EUA 04/11/2020 REUTERS/Andrew Kelly

NOVA YORK (Reuters) - As ações norte-americanas saltaram nesta quinta-feira, com investidores apostando que os republicanos manteriam o controle do Senado e bloqueariam qualquer mudança de política pública que pudesse afetar os lucros corporativos em uma possível presidência de Joe Biden.

Com os votos ainda sendo contabilizados nos Estados-chave, os investidores estavam abandonando o posicionamento cauteloso pré-eleitoral, levando todos os principais índices de Wall Street a encerrarem em alta pela quarta sessão consecutiva.

Embora um pacote de estímulo fiscal seja amplamente esperado, o tamanho de qualquer acordo alcançado em um Congresso dividido provavelmente será muito menor do que o previsto inicialmente. Isso, por sua vez, poderia pressionar o Federal Reserve (Fed, banco central dos Estados Unidos) a injetar mais recursos no sistema financeiro, sustentando os preços das ações.

As ações receberam um breve impulso adicional com o comunicado do Fed desta quinta-feira. O banco central manteve sua política monetária de afrouxamento intacta e mais uma vez se comprometeu a fazer o possível para apoiar uma economia gravemente afetada pela pandemia do coronavírus. Na entrevista coletiva após a decisão, o chair, Jerome Powell, informou que o Fed não consideraria o financiamento direto de atividades fiscais.

Biden estava se aproximando da vitória depois de vencer nos Estados de Michigan e Wisconsin, mas parecia ser improvável que seu partido democrata vencesse o Senado. Isso aliviou as preocupações dos investidores sobre regulamentações mais rígidas em torno das “Big Techs” e de um aumento de impostos corporativos.

“Eles permaneceram com o que o mercado esperava. Acho que há uma preocupação com a economia e com a trajetória da economia. Mas basicamente não acho que eles surpreenderam o mercado; mantiveram a postura acomodatícia e sustentaram que é necessário estímulo fiscal”, disse Quincy Krosby, estrategista-chefe de mercado da Prudential Financial em Newark, New Jersey.

“Dado o cenário de uma eleição em que você ainda está contabilizando os votos, seria muito difícil para o Fed se inserir nessa questão.”

Alguns agentes do mercado advertiram, no entanto, que ainda não há certeza de que o Congresso continuará dividido, portanto, há uma pequena chance de os mercados sofrerem um choque.

O Dow Jones subiu 1,95%, para 28.390,18 pontos, o S&P 500 ganhou 1,95%, para 3.510,45 pontos, e o Nasdaq valorizou-se 2,59%, para 11.890,93 pontos.

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up