for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up

Plantio de soja em MT vai a 83% da área e supera média histórica, diz Imea

Cultivo de soja em Primavera do Leste (MT) 16/03/2004 REUTERS/Paulo Whitaker

SÃO PAULO (Reuters) - O plantio de soja 2020/21 em Mato Grosso atingiu nesta semana 83,24% da área projetada, avanço de quase 30 pontos percentuais em relação à semana anterior, disse nesta sexta-feira o Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea).

Com isso, o ritmo dos trabalhos no Estado, que vinha sendo prejudicado pela seca, ultrapassou pela primeira vez na temporada a média histórica de cinco anos, que aponta para semeadura de 81,75% da área neste período.

Apesar disso, há mais lavouras em fases iniciais de desenvolvimento, considerando o amplo atraso aberto nas primeiras semanas de plantio em função da estiagem.

Na comparação com a safra 2019/20, os trabalhos seguem atrasados --no mesmo momento do ano anterior, a semeadura mato-grossense atingia 91,55% da área, segundo o Imea.

Mato Grosso é o maior produtor de soja do Brasil.

Por Gabriel Araujo

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up