for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up

Opep+ pode ampliar cortes de oferta de petróleo se preciso, diz ministro da Argélia

Logo da Opep fotografado durante reunião informal do grupo na Argélia. 28 de setembro de 2016. REUTERS/Ramzi Boudina

LONDRES (Reuters) - A Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) e seus aliados, conhecidos como Opep+, podem prorrogar seus atuais cortes de oferta de petróleo para que vigorem em 2021 ou aumentar os cortes de produção se as condições de mercado assim exigirem, disse o ministro de Energia da Argélia nesta quarta-feira, ao participar de evento do setor.

A Opep+, que inclui membros da Opep e outros países liderados pela Rússia, tem restringido a produção para apoiar os preços, mas o atual pacto prevê redução dos cortes de oferta a partir de 2021.

O ministro de Energia da Arábia Saudita, príncipe Abdulaziz bin Salman, disse na segunda-feira que o acordo da Opep+ poderia sofrer ajustes de acordo com as condições do mercado.

Por Ahmad Ghaddar

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up