for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up

ByteDance deve gerar US$27 bi em receita de publicidade até final do ano, dizem fontes

07/07/2020 REUTERS/Thomas Suen

HONG KONG/PEQUIM (Reuters) - A ByteDance, proprietária do TikTok, está no caminho para gerar pelo menos 180 bilhões de iuanes (27,2 bilhões de dólares) em receita de publicidade na China este ano, o que consolidará sua posição de segundo lugar no mercado de publicidade digital da China, disseram duas pessoas com conhecimento do assunto.

A meta geral de receita da empresa para 2020 é de cerca de 30 bilhões de dólares, informou a Reuters anteriormente, o que significa que a receita de anúncios da ByteDance na China, responsável pela maior parte de sua receita total, está em linha com o plano da empresa.

Embora a ByteDance seja mais conhecida globalmente pelo TikTok, o aplicativo contribui pouco para a receita geral da empresa. O aplicativo Douyin, a versão chinesa do TikTok, contribui com quase 60% da receita de anúncios, seguido pelo agregador de notícias Jinri Toutiao com 20% e a plataforma de vídeo de formato longo Xigua com menos de 3%, de acordo com uma das fontes.

A ByteDance não quis comentar.

A empresa ultrapassou o Baidu para se tornar o segundo maior player de publicidade digital da China no primeiro semestre de 2019, com 23% (7,6 bilhões de dólares) do total gasto com publicidade digital no país, de acordo com a consultoria R3. O Alibaba Group ocupa o primeiro lugar, gerando 10,9 bilhões de dólares ou 33% do total do mercado.

A ByteDance está em negociações com investidores para captar cerca de 2 bilhões de dólares em uma nova rodada de financiamento que vai avaliá-la em 180 bilhões de dólares, mais que o dobro de sua avaliação na última rodada de investimentos há dois anos, informou a Reuters anteriormente.

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up