for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up

Produção de açúcar no centro-sul salta 14% na 2ª metade de outubro, diz Unica

Sacas de açúcar em unidade de processamento em Campos dos Goytacazes (RJ) 10/11/2010 REUTERS/Sergio Moraes

SÃO PAULO (Reuters) - A produção de açúcar do centro-sul do Brasil na segunda quinzena de outubro somou 1,7 milhão de toneladas, alta de 14% ante mesmo período da safra 2019/20, enquanto vendas de etanol no mês tiveram o maior volume de 2020, mostraram dados da Associação da Indústria da Cana-de-Açúcar (Unica) nesta quarta-feira.

A comercialização de etanol somou 3 bilhões de litros no total de outubro, com 358 milhões destinados ao mercado externo e 2,66 bilhões para o mercado interno.

A produção total de etanol na quinzena foi de 1,5 bilhão de litros, com recuo de quase 27% na comparação anual, sendo queda de 0,85% no anidro, que respondeu por 638 milhões de litros.

A moagem de cana na segunda metade de outubro foi de 26,8 milhões de toneladas, com baixa de 18,3% na comparação ano a ano.

O volume de açúcar produzido, no entanto, cresceu com usinas direcionando maior volume da cana para a produção do adoçante, ou 43,6% do total na quinzena, conta 32% no mesmo período da safra anterior.

Por Luciano Costa

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up