for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up

BNDES vai financiar R$740 mi adicionais para Moderfrota

Colheita de cevada. REUTERS/Darren Staples

RIO DE JANEIRO (Reuters) - O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) vai oferecer um montante adicional de 740 milhões de reais para atender à demanda por financiamentos de máquinas agrícolas no Brasil neste ano, informou a instituição nesta quarta-feira.

Segundo comunicado do banco, a expectativa é de que o saldo remanescente seja contratado nas próximas três semanas. A linha reaberta faz parte do Programa de Modernização da Frota de Tratores Agrícolas e Implementos Associados e Colheitadeiras (Moderfrota).

O BNDES chegou a suspender o programa temporariamente no final de outubro, diante da demanda elevada, mas decidiu disponibilizar o saldo remanescente após avaliação dos limites permitidos e das características das operações já aprovadas, afirmou a instituição.

“Os recursos do governo federal são liberados aos poucos, com prudência, mas buscando o uso total até o fim da safra”, disse em nota o chefe do departamento de Canais de Distribuição e Parcerias do BNDES, Caio Araújo.

O programa é ofertado com taxa fixa de juros de 7,5% ao ano e prazo de pagamento de até sete anos. Produtores rurais e cooperativas de crédito com faturamento de até 45 milhões de reais podem solicitar o crédito, acrescentou o BNDES.

Pelo Moderfrota, o BNDES pode financiar até 85% dos itens financiáveis. O governo anunciou montante de 9 bilhões de reais para o programa no Plano Safra 2020/21.

Reportagem de Rodrigo Viga Gaier e Gabriel Araujo

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up