for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up

Pedidos semanais de auxílio-desemprego nos EUA caem a mínima em 7 meses

Placa de emprego em restaurante de Miami. REUTERS/Marco Bello/File Photo

WASHINGTON (Reuters) - O número de norte-americanos que entraram com novos pedidos de auxílio-desemprego caiu para uma mínima em sete meses na semana passada, mas o ritmo de declínio desacelerou e melhorias adicionais podem ser limitadas pela pandemia e pela falta de estímulo fiscal adicional.

Os pedidos iniciais de auxílio-desemprego totalizaram 709 mil em dado ajustado sazonalmente na semana encerrada em 7 de novembro, em comparação com 757 mil na semana anterior, disse o Departamento do Trabalho dos EUA nesta quinta-feira.

Economistas consultados pela Reuters projetavam 735 mil solicitações na última semana.

Por Lucia Mutikani

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up