for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up

Weg cria projeto para testar conectividade à rede 5G

SÃO PAULO (Reuters) - A Weg anunciou nesta quinta-feira a criação de um projeto para executar testes práticos de conectividade à rede 5G em uma de suas fábricas a fim de buscar soluções economicamente efetivas para indústrias que utilizem esta tecnologia.

Reuters/Divulgação

A rede 5G permite velocidades de transmissão de dados muito superiores as das redes atuais de telefonia móvel e é considerada essencial para que tecnologias como internet das coisas funcionem.

O “Open Lab WEG/V2COM”, que tem parceria da Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI) e da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), ajudará a Anatel a regular as redes privadas de 5G para uso empresarial, afirmou a Weg

De acordo com a companhia, testes práticos serão realizados em uma das fábricas mais automatizadas da empresa, localizada em Jaraguá do Sul (SC).

Os testes vão permitir avaliar o desempenho e a convivência de dispositivos e antenas com as redes 5G, afirmou a Weg.

“Ainda que o projeto seja realizado em um ambiente fabril, os benefícios gerados não se limitam à indústria em específico, pois tais aplicações são amplamente utilizadas nas mais variadas práticas”, afirmou o diretor de negócios digitais da Weg, Carlos Bastos Grillo, em nota à imprensa.

INVESTOR DAY

A fabricante de motores elétricos, tintas industriais e produtos de automação e controle industrial também realizou nesta quinta-feira evento com analistas e investidores.

De acordo com relato de analistas do Goldman Sachs, a Weg passou uma mensagem positiva em relação às perspectivas futuras da empresa, com ganhos de participação de mercado fora do Brasil e sólidas perspectivas advindas dos setores de energia renovável e saneamento.

“Além disso, a empresa destacou que continua a focar em sua estratégia digital focada em seus produtos industriais”, acrescentaram em relatório a clientes, reiterando recomendação ‘neutra’ em razão da forte valorização dos papéis.

Por volta de 16h, as ações da Weg subiam 0,47%, a 80,97 reais, enquanto o Ibovespa recuava 1,93%. No ano, os papéis acumulam o melhor desempenho do índice, com alta de 135%.

Edição Alberto Alerigi Jr.

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up