for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up

BCE discutirá nova meta de inflação na próxima semana, diz Rehn

Presidente do banco central finlandês, Olli Rehn. REUTERS/Hannah McKay

HELSINQUE (Reuters) - O Banco Central Europeu vai discutir possíveis mudanças em sua meta de inflação em um seminário na próxima semana, disse nesta sexta-feira o presidente do banco central finlandês, Olli Rehn, reforçando as expectativas de que a meta pode ser finalizada antes do final de uma revisão de estratégia em meados de 2021.

“Ao longo do outono (europeu), o ritmo de nosso trabalho estratégico acelerou”, disse Rehn a repórteres. “Na próxima semana vamos nos concentrar na meta de estabilidade de preços.”

O BCE, que agora tem como meta inflação “abaixo mas perto de 2%”, deve no futuro usar um objetivo de 2% com compromisso explícito à simetria, sugerindo que vai evitar com o mesmo vigor ficar abaixo ou acima da meta.

Isso também pode significar que, após um período abaixo da meta, o banco permitirá que ela supere a meta por algum tempo.

A revisão de estratégia do BCE vai durar até meados de 2021, mas algumas autoridades disseram que o componente da meta de inflação pode ser finalizado antes, talvez até mesmo em janeiro.

Reportagem de Anne Kauranen

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up