for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up

Economia alemã sente impacto de medidas de lockdown em novembro, diz ministério

Máscaras à venda em Berlim. REUTERS/Fabrizio Bensch/File Photo

BERLIM (Reuters) - A recuperação econômica da Alemanha continuou até outubro, mas desacelerou desde agosto, disse o Ministério da Economia do país nesta sexta-feira, acrescentando que as medidas de lockdown implementadas para desacelerar a disseminação do coronavírus atingiram a economia em novembro.

O Ministério da Economia disse em seu relatório mensal que as restrições impostas desde o início de novembro, que fizeram com que restaurantes, bares e locais de entretenimento como cinemas e teatros fechassem, indica que o consumo está caindo.

O ministério disse que não parece que a recuperação terminará no quarto trimestre, contanto que as restrições permanecessem limitadas.

A chanceler Angela Merkel e os líderes dos Estados alemães se reunirão na segunda-feira para analisar se as medidas de contenção impostas por um mês a partir de 2 de novembro foram suficientes para desacelerar um aumento acentuado de novas infecções.

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up