for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up

Ibovespa fecha em alta e flerta com níveis pré-pandemia em meio a otimismo sobre vacina

REUTERS/Paulo Whitaker

SÃO PAULO (Reuters) - O Ibovespa fechou em alta nesta segunda-feira, chegando a superar os 106 mil pontos durante o pregão, o que não acontecia desde o começo de março, mês que marca o agravamento da crise desencadeada pela pandemia de Covid-19 no Brasil.

Investidores reagiram positivamente ao anúncio da farmacêutica norte-americana Moderna, de que sua vacina experimental é 94,5% eficaz na prevenção da Covid-19, com base em dados preliminares de um estudo clínico em estágio avançado.

Índice de referência do mercado acionário brasileiro, o Ibovespa subiu 1,7%, a 106.502,52 pontos, segundo dados preliminares, na máxima da sessão, maior pontuação para fechamento desde 4 de março.

O volume financeiro somava 49 bilhões de reais, inflado pelo vencimento de contratos de opções sobre ações, units e ETFs (fundos de ações negociados em bolsa) na B3, que movimentou 14 milhões de reais, e blocktrade com papéis da Vale.

Por Paula Arend Laier

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up