for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up

S&P 500 e Dow Jones caem de máximas recordes com salto em casos de Covid-19

28/12/2016 REUTERS/Andrew Kelly

(Reuters) - Os principais índices de Wall Street caíam nesta terça-feira, com o S&P 500 e o Dow Jones recuando dos recordes de fechamento alcançados na véspera, após dados decepcionantes de vendas no varejo e aumento nos casos de coronavírus em todo o país.

As perdas da Nasdaq eram limitadas por um salto de 12% nas ações da Tesla Inc, em antecipação a uma negociação de 51 bilhões de dólares por fundos de índice ajustando suas carteiras quando a montadora de carros elétricos for adicionada ao S&P 500 em dezembro.

O Dow atingiu uma máxima recorde de fechamento na segunda-feira, terminando cerca de tímidos 50 pontos abaixo da marca de 30 mil pontos, após dados promissores da vacina para a Covid-19 em desenvolvimento pela Moderna Inc aumentarem esperanças de uma recuperação econômica, o que ofuscou o pico de casos de coronavírus em todo o país.

“Há um conflito para o mercado entre a direção de curto prazo para a economia, que está preocupada com as taxas muito altas de Covid-19, e o futuro do mercado, que é onde as vacinas podem dar um fim às restrições”, disse Rick Meckler, sócia da Cherry Lane Investments em New Vernon, New Jersey.

Nova Jersey, Califórnia e Iowa impuseram novas restrições conforme a pandemia atinge seu ponto mais perigoso até então nos Estados Unidos, ameaçando piorar com o clima mais frio.

Dados mais recentes mostraram que as vendas no varejo dos EUA aumentaram menos do que o esperado em outubro e podem desacelerar ainda mais devido à espiral de novas infecções e à falta de apoio fiscal.

Às 12:54 (horário de Brasília), o índice Dow Jones caía 0,79%, a 29.713 pontos, enquanto o S&P 500 perdia 0,644626%, a 3.604 pontos. O índice de tecnologia Nasdaq recuava 0,03%, a 11.921 pontos.

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up