for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up

Petrobras prorroga prazo para retorno de equipes administrativas a escritórios

Pessoas passam em frente ao edifício-sede da Petrobras no Rio de Janeiro. 9 de março de 2020. REUTERS/Sergio Moraes

SÃO PAULO (Reuters) - A Petrobras PETR4.SA decidiu adiar em caráter excepcional o prazo para que trabalhadores de áreas administrativas retornem às atividades presenciais, com prorrogação até 31 de março de 2021 do regime de teletrabalho atualmente em vigor na empresa.

A companhia, como muitas outras pelo Brasil e pelo mundo, instituiu um modelo de trabalho remoto desde meados de março, em meio a preocupações com a pandemia de coronavírus. Esse regime estava previsto antes para durar até 31 de dezembro.

“A companhia continuará monitorando os cenários interno e externo, com avaliação constante das decisões tomadas, tendo sempre como foco a prevenção e a segurança das pessoas”, afirmou a estatal em nota à imprensa, com a ressalva de que pode mudar de planos de acordo com o cenário da pandemia.

A companhia acrescentou que algumas atividades não podem prosseguir de forma remota por sua natureza e essencialidade, sendo que nesses casos “os colaboradores serão comunicados com antecedência e a volta será realizada sempre de forma segura e gradual”.

Por Luciano Costa; edição Paula Arend Laier

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up