for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up

Contratos do minério têm novas máximas com embarque australiano em mínima de 2 meses

Terminal de minério de ferro no porto de Dalian, China 21/09/2018 REUTERS/Muyu Xu

MANILA (Reuters) - Os contratos futuros do minério de ferro de Dalian e Cingapura saltaram para novas máximas nesta quinta-feira, impulsionados por preocupações com o fornecimento da matéria-prima australiana para siderurgia e otimismo em torno da demanda, já que os preços do aço aumentaram na China.

O minério de ferro para janeiro, o contrato de referência na bolsa de Dalian, subiu até 3,6%, para 886 iuanes (134,77 dólares) a tonelada, estendendo os ganhos pela quarta sessão consecutiva. O vencimento fechou em alta de 2,5%.

A resiliente demanda de minério de ferro da China, o maior produtor mundial de aço, e “sinais de que o aumento nas exportações da Austrália está perdendo força” impulsionaram o mercado, disse Daniel Hynes, estrategista sênior de commodities da ANZ.

Os embarques semanais de minério de ferro para a China do principal fornecedor, a Austrália, caíram para 12 milhões de toneladas na semana passada, o menor em mais de dois meses, com base nos dados dos portos disponíveis no Refinitiv Eikon.

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up