for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up

Principal senador democrata diz que líder republicano concordou em retomar negociações sobre estímulo nos EUA

O senador norte-americano Chuck Schumer entra em um carro após fazer comentários sobre o coronavírus, em Manhattan, Nova York, Estados Unidos. 15 de novembro de 2020. REUTERS/Andrew Kelly

WASHINGTON (Reuters) - O principal senador democrata, Chuck Schumer, disse nesta quinta-feira que o líder da maioria republicana, Mitch McConnell, concordou em retomar as negociações sobre alívio relacionado à Covid-19, à medida que os casos aumentam em todo o país, informou a CNBC.

“Ontem à noite, eles concordaram em se sentar e as equipes vão se sentar hoje ou amanhã para tentar ver se podemos obter um projeto de lei de alívio à Covid realmente bom”, disse Schumer durante entrevista coletiva em Nova York, de acordo a CNBC.

“Então, houve um pequeno avanço, pois o pessoal de McConnell finalmente vão sentar e conversar conosco.”

O escritório de McConnell não retornou imediatamente um telefonema para a Reuters.

Na quarta-feira, o presidente eleito Joe Biden expressou esperança de que os republicanos no Congresso dos EUA estejam mais inclinados a avançar no projeto de lei de alívio depois que o presidente Donald Trump deixar o cargo em janeiro.

Os democratas propuseram um pacote de gastos de 2,2 trilhões de dólares, enquanto os republicanos do Senado buscaram repetidamente aprovar um projeto de lei muito mais restrito de 500 bilhões de dólares, apenas para ser bloqueado pelos democratas, para quem o projeto é inadequada.

Por Doina Chiacu

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up