3 de Setembro de 2015 / às 20:24 / em 2 anos

Desembolsos do BNDES caem 18% no 1º semestre, consultas e aprovações desabam

SÃO PAULO (Reuters) - O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) anunciou nesta quinta-feira que concedeu 68,8 bilhões de reais em empréstimos no primeiro semestre, uma queda de 18 por cento ante mesma etapa de 2014.

Sede do BNDES (à direita) na cidade do Rio de Janeiro. 20/03/2015. REUTERS/Ricardo Moraes

Mas o volume de aprovações no período, de 43,1 bilhões de reais, teve queda bem mais acentuada, de 50 por cento, o mesmo acontecendo com as consultas, que recuaram 47 por cento, a 60,7 bilhões, sinalizando que os desembolsos na segunda metade do ano devem ser ainda mais fracos.

As consultas são um termômetro importante da disposição de empresários para realizar investimentos e um indicativo da atividade da economia brasileira. A consulta é o primeiro passo dado por uma companhia para obter empréstimo do BNDES.

As quedas nos desembolsos, aprovações e consultas ao banco de fomento vêm em meio à contração da atividade econômica e após seguidas mudanças na política de concessões da instituição, na esteira de maiores restrições fiscais do governo federal.

Em junho, a TJLP, taxa referencial para corrigir empréstimos concedidos pelo BNDES, foi elevada de 6 para 6,5 por cento ao ano, com validade neste terceiro trimestre.

Por Aluísio Alves

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below