11 de Setembro de 2015 / às 13:40 / 2 anos atrás

Brasil eleva produção de grãos em 8,2% em 14/15 com recordes em soja e milho

Fazendeiro Rudelvi Bombarda observa sua plantação de soja em Barreiras, na Bahia. 06/02/2014Ueslei Marcelino

SÃO PAULO (Reuters) - A safra de grãos e oleaginosas do Brasil 2014/15 foi estimada nesta sexta-feira em um recorde de 209,5 milhões de toneladas, com um crescimento de 8,2 por cento ante a colheita passada, devido ao aumento na produção de soja e milho do país, especialmente por ganhos de produtividade, acordo com o último levantamento da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) para a temporada.

O Brasil colheu históricas 96,2 milhões de toneladas de soja, número estável ante previsão de agosto e crescimento de 10 milhões de tonelada ante a safra passada, quando o clima não foi tão favorável em algumas áreas, segundo levantamento da Conab. A estatal apontou aumento de 5,1 por cento na produtividade média do país, para quase 3 toneladas por hectare.

A safra de milho do Brasil também foi estimada em recorde, de 84,7 milhões de toneladas, ante 84,3 mi t na previsão de agosto, e um crescimento de 5,8 por cento na comparação com a temporada passada. O aumento na produtividade média de 6,4 por cento ano a ano, para 5,38 toneladas por hectare, mais do que compensou leve redução de área plantada.

Na segunda safra, o ganho de produtividade do milho foi ainda maior, registrado nos Estados do Sudeste, Centro-Oeste e no Paraná, ainda que a média do país ainda esteja longe de atingir os melhores níveis de outros países produtores do mundo. A produção daquela que já foi denominada "safrinha" do cereal atingiu 54,5 milhões de toneladas, ante 48,4 milhões 2013/14, disse a Conab em relatório.

Ainda que o país tenha obtido recordes, está distante da produção dos Estados Unidos, líder global no cereal, que deve colher apenas de milho mais de 340 milhões de toneladas neste ano --o dado mostra também que o Brasil, com grandes áreas agricultáveis, tem muito espaço para avançar na produção.

As colheitas de milho e soja do Brasil 14/15 já estão praticamente finalizadas, enquanto os produtores começaram recentemente a colher trigo, cuja safra também foi apontada em recorde pela Conab.

Para esse cereal, a produção do Brasil em 2015 foi estimada em recorde de 7,1 milhões de toneladas, ante 7 milhões na previsão de agosto, embora haja preocupações recentes sobre a qualidade do grão e doenças fúngicas, em meio a chuvas intensas no Sul. Segundo a Conab, a colheita cresceria 1 milhão de toneladas ante 2014.

EXPORTAÇÕES

Com grandes safras, demanda razoável e um câmbio favorável, as exportações de soja e milho do Brasil também terão volumes recordes na temporada 2014/15, segundo a Conab.

Os embarques de soja foram estimados em 50 milhões de toneladas, alta de quase 1 milhão de toneladas ante a previsão de agosto e crescimento de mais de 4 milhões de toneladas ante a temporada passada.

No caso do milho, a Conab projetou exportações de 26,4 milhões de toneladas, estável ante agosto e versus 21 milhões na safra passada, que superariam o recorde de 2012/13 (26,2 milhões de toneladas).

O Brasil, um importador líquido de trigo, deverá exportar 1,5 milhão de toneladas do cereal em 2015 (estável ante agosto), ante 1,68 milhão em 2014. Já as importações foram projetadas em 5,4 milhões neste ano, leve alta ante 2014.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below