17 de Novembro de 2015 / às 18:29 / 2 anos atrás

Ações europeias sobem pelo segundo dia com expectativa de estímulos do BCE

LONDRES/MILÃO (Reuters) - As ações europeias subiram acentuadamente nesta terça-feira, com ajuda de notícias encorajadoras de empresas como a alemã United Internet e a holandesa Randstad, a segunda maior companhia de recursos humanos do mundo.

O sentimento também foi impulsionado pelas expectativas de mais estímulos pelo Banco Central Europeu (BCE) e devido ao acordo preliminar entre a Grécia e seus credores internacionais sobre execuções de hipotecas.

Os papéis da Randstad subiram 6,9 por cento, o maior ganho no FTSEurofirst 300, depois que a companhia disse que as vendas aceleraram desde que divulgou seus resultados do terceiro trimestre e que esperava margens maiores em 2016.

A United Internet, que fornece serviços de Internet, chegou a avançar 4,5 por cento após divulgar aumento no lucro do terceiro trimestre e nas receitas, enquanto que o número de assinantes continuava a crescer. A ação fechou em alta de 2,2 por cento.

O índice FTSEurofirst 300 subiu 2,58 por cento, a 1.498 pontos, fechando em alta pelo segundo dia. As ações francesas avançaram 2,77 por cento, após caírem 0,1 por cento na segunda-feira após os ataques contra Paris na semana passada que mataram pelo menos 129 pessoas.

“Em geral, há um vento a favor das ações europeias. A política monetária do BCE continuará a enfraquecer o euro em relação a outras moedas importantes. Continuamos a recomendar uma sobreponderação em ações europeias.”

A expectativa de mais estímulos do BCE cresceu nesta terça-feira, depois que o economista-chefe e membro do conselho executivo do banco, Peter Praet, disse à agência Bloomberg que se mantinha um ambiente de pressões sobre preços fracos no médio prazo e que o Conselho do BCE irá discutir se é o caso de tomar outras ações no contexto da elevada incerteza.

Em LONDRES, o índice Financial Times avançou 1,99 por cento, a 6.268 pontos.

Em FRANKFURT, o índice DAX subiu 2,41 por cento, a 10.971 pontos.

Em PARIS, o índice CAC-40 ganhou 2,77 por cento, a 4.937 pontos.

Em MILÃO, o índice Ftse/Mib teve valorização de 2,28 por cento, a 22.309 pontos.

Em MADRI, o índice Ibex-35 registrou alta de 2,36 por cento, a 10.363 pontos.

Em LISBOA, o índice PSI20 valorizou-se 2,53 por cento, a 5.336 pontos.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below