9 de Janeiro de 2016 / às 15:07 / 2 anos atrás

Pequim fechará 2.500 empresas para combater a poluição

XANGAI (Reuters) - Pequim vai fechar 2.500 empresas poluidoras neste ano, no mais recente esforço chinês de combate à poluição, informou neste sábado a agência de notícias estatal Xinhua, citando a prefeitura da cidade.

A poluição é um assunto polêmico na China. Milhares de protestos são registrados todos os anos devido à degradação ambiental, principalmente a causada pelas fábricas.

Quatro distritos da capital chinesa, que foram fortemente afetados pela poluição durante o inverno local, terão que desativar 2.500 empresas até o fim do ano, e outras serão fechadas no ano que vem, informou a Xinhua.

Citando uma autoridade que não quis ser identificada, a agência afirmou que o aumento das pequenas fontes de poluição, como restaurantes, hotéis e estacionamentos, está compensando negativamente a forte queda no número de grandes poluidores da cidade, como empresas com alto consumo de energia.

No mês passado, Pequim emitiu seu segundo alerta vermelho devido à poluição atmosférica, com fechamento de escolas, entre outras medidas.

Neste sábado, o Ministério do Meio Ambiente advertiu que a onda de poluição deve voltar a Pequim e às províncias de Hebei e Tianjin na próxima semana    (Reportagem de Brenda Goh)

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below