27 de Outubro de 2016 / às 21:22 / 10 meses atrás

Ibovespa retoma máxima desde abril de 2012 com ganhos de bancos em destaque

SÃO PAULO (Reuters) - O principal índice da Bovespa subiu nesta quinta-feira e retomou os 64 mil pontos, renovando a máxima desde abril de 2012, com os ganhos de bancos entre os destaques, em dia de vários balanços.

O Ibovespa subiu 0,66 por cento, a 64.249 pontos, maior fechamento desde 3 de abril de 2012 (64.284 pontos). No melhor momento do pregão, o índice subiu mais de 1 por cento.

O volume financeiro do pregão somou 8,08 bilhões de reais, abaixo da média diária do mês, de 8,9 bilhões de reais.

Operadores buscam nos resultados trimestrais das empresas indicações para manter o bom humor recente na bolsa.

"Essa temporada vai ser para chancelar quem fez o dever de casa... Quem mostrar melhora de eficiência, mesmo que possa desapontar em alguns números, vai ter bom desempenho", disse o analista da Um Investimentos, Aldo Moniz.

No front local, o mercado segue otimista com o avanço de medidas econômicas no Congresso Nacional. A Guide Investimentos destacou que as declarações do presidente do Senado, Renan Calheiros, na véspera, garantindo a manutenção do calendário para votação da medida que limita o crescimento dos gastos públicos pode ajudar a manter o bom humor.

DESTAQUES

- BANCO DO BRASIL subiu 5,12 por cento, maior alta do Ibovespa. As ações do têm sido beneficiadas pelo otimismo com a cena política, retomada da economia e aumento do crédito. A sessão foi positiva também para os bancos privados, que tiveram altas mais modestas. ITAÚ UNIBANCO ganhou 2,14 por cento, enquanto BRADESCO PN teve valorização de 1,67 e SANTANDER subiu 1,36 por cento.

- KLABIN ganhou 2,15 por cento, após a empresa divulgar lucro líquido de 31 milhões de reais no terceiro trimestre, ante prejuízo um ano antes, mas um ganho muito menor que o que registrado no segundo trimestre.

- USIMINAS PNA subiu 1,22 por cento e CSN ganhou 2,37 por cento, em linha com o bom humor do mercado. Os papéis das empresas do setor vêm mostrando reações positivas, em meio às expectativas de alta dos preços do aço conforme a economia reage. Usiminas divulga seu resultado trimestral na sexta-feira, antes da abertura do mercado.

- PETROBRAS PN recuou 0,06 por cento, revertendo no final do pregão, enquanto PETROBRAS ON subiu 0,21 por cento. No melhor momento do pregão, as ações preferenciais subiram 2,15 por cento. As ações têm refletido anúncios de desinvestimentos pela companhia. Na sessão, os papéis ganharam impulso adicional da alta do petróleo no mercado internacional.

- VALE PNA caiu 0,38 por cento, após ter subido mais de 2 por cento na máxima. VALE ON avançou 1,06 por cento. A mineradora divulgou lucro líquido de 1,842 bilhão de reais no terceiro trimestre, com maiores volumes vendidos e preços mais altos do seu principal produto.

- NATURA caiu 4,09 por cento, segunda maior perda do Ibovespa. No terceiro trimestre, a empresa teve queda de quase 45 por cento no lucro líquido anteo mesmo período de 2015. As ações já tinham mostrado queda expressiva na véspera, após o anúncio de troca de comando da empresa.

- JBS caiu 4,2 por cento, de novo a maior queda do Ibovespa, após perda de dois dígitos na véspera, quando anunciou o fim do trabalho para reestruturação.

- VIA VAREJO, que não está no Ibovespa, subiu 8,46 por cento, após cair mais de 3 por cento nos primeiros negócios. O balanço da empresa do PÃO DE AÇÚCAR mostraram aumento no prejuízo no terceiro trimestre, mas recuperação de receita e margens, segundo analistas. PÃO DE AÇÚCAR ganhou 1,42 por cento.

Edição de Aluísio Alves

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below