15 de Maio de 2017 / às 23:21 / em 6 meses

JBS tem lucro líquido consolidado de R$486,2 mi no 1º trimestre

SÃO PAULO (Reuters) - A gigante de alimentos JBS teve lucro líquido consolidado de 486,2 milhões de reais no primeiro trimestre, após prejuízo de 2,64 bilhões reais um ano antes, apesar da queda da receita no período.

O lucro atribuído à controladora foi de 422,3 milhões de reais de janeiro a março, também uma reversão ante o prejuízo de 2,74 bilhões de reais um ano antes. No primeiro trimestre de 2016, a empresa amargou fortes perdas com proteção cambial.

O resultado operacional da maior processadora de carne bovina do mundo medido pelo lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda) ajustado somou 2,14 bilhões de reais no trimestre, alta de 0,2 por cento ano a ano.

Mas a receita líquida da JBS caiu 14,3 por cento no comparativo anual, a 37,6 bilhões de reais. A companhia atribuiu a queda à redução da receita da Seara e da JBS Mercosul, além da desvalorização do dólar, que passou de 3,91 reais no primeiro trimestre de 2016 para 3,14 reais neste ano, atingindo as receitas com exportações.

“A queda na receita resulta principalmente da redução de 4,7 por cento do preço de venda da carne in natura no mercado interno e de 16,4 por cento no mercado externo”, disse a empresa sobre a queda de 11 por cento na receita da JBS Mercosul.

A empresa não mencionou no resultado qualquer impacto nas vendas relacionado à operação Carne Fraca da Polícia Federal, deflagrada na segunda quinzena de março, que levou vários países a suspenderem temporariamente importações de carnes do Brasil.

A operação, que teve a JBS entre as investigadas, revelou um esquema de corrupção no qual empresas e inspetores sanitários conspiravam para vender produtos fora do padrão, falsificar documentos de exportação ou deixar de fiscalizar unidades.

A JBS também foi alvo de operação deflagrada na sexta-feira pela PF que investiga suspeita de fraudes e irregularidades na liberação de apoio de 8 bilhões de reais do BNDES à companhia.

A JBS fechou março com uma dívida líquida de 47,8 bilhões de reais. Em termos de alavancagem financeira, esse número equivalia a 4,2 vezes o Ebtida de 12 meses, índice superior às 4,16 vezes do fim de 2016 e aos 3,84 vezes de um ano antes.

Por Aluísio Alves

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below