15 de Agosto de 2017 / às 22:40 / um mês atrás

Governo aumenta para R$159 bi metas de déficit primário para 2017 e 2018

Ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, durante entrevista coletiva em Brasília 29/06/2017 REUTERS/Ueslei Marcelino

BRASÍLIA (Reuters) - O governo anunciou nesta terça-feira novas e maiores metas de déficit primário, que subirão a 159 bilhões de reais neste e no próximo ano, confirmando a tendência de deterioração das contas públicas em meio a intensas idas e vindas sobre a definição dos números.

As metas anteriores para o governo central (Tesouro Nacional, Banco Central e Previdência) eram de 139 bilhões de reais em 2017 e de 129 bilhões de reais para o próximo ano. Os novos valores precisam ser aprovados pelo Congresso.

O anúncio foi feito pelo ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, que justificou o aumento das metas pela substancial queda de receita.

Por Marcela Ayres

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below