17 de Agosto de 2017 / às 17:11 / um mês atrás

CORREÇÃO-Mercado interrompe série de 3 dias de alta com queda nos setores bancário e de energia

(Corrige em matéria publicada na quinta-feira declaração no 8º parágrafo para “hawkish”, e não “dovish”)

LONDRES (Reuters) - Os mercados acionários europeus interromperam três dias de alta nesta quinta-feira uma vez que os bancos caíram após uma ata cautelosa do banco central dos Estados Unidos, enquanto as ações do setor de energia também pressionaram em um dia agitado para resultados corporativos.

O índice FTSEurofirst 300 caiu 0,59 por cento, a 1.480 pontos, enquanto o índice pan-europeu STOXX 600 perdeu 0,59 por cento, a 377 pontos.

O índice de blue-chips da zona do euro recuou 0,7 por cento.

A ata da última reunião do Federal Reserve mostrou que as autoridades estavam cada vez mais cautelosas com a recente inflação fraca, com alguns pedindo uma pausa na alta dos juros.

Os bancos europeus, que se beneficiam de juros mais altos, foram o setor com o pior desempenho, recuando 1,6 por cento com o Deutsche Bank e o Commerzbank pressionando o índice alemão DAX.

A ata da reunião do Banco Central Europeu do mês passado, que revelou que algumas autoridades estão preocupadas com um fortalecimento excessivo do euro, levou a moeda única para a mínima de três semanas, deixando brevemente o STOXX em território positivo, embora o índice tenha voltado a recuar rapidamente.

A atenção está se voltando para o discurso do presidente do BCE, Mario Draghi, na reunião de bancos centrais em Jackson Hole na próxima semana.

“Desde a apresentação em Sintra quando ele foi muito mais ‘hawkish’, o euro avançou muito, então achamos que ele deve receber uma inclinação ‘dovish’” dele, disse o chefe de macroeconomia europeia no escritório de investimento do UBS Wealth Management, Ricardo Garcia.

As ações de energia, setor com pior desempenho neste ano, recuaram 1 por cento.

Até agora, 86 por cento das empresas do MSCI da Europa informaram seus resultados no segundo trimestre, dos quais 60 por cento atingiram ou superaram as expectativas dos analistas, de acordo com dados da Thomson Reuters.

Em LONDRES, o índice Financial Times recuou 0,61 por cento, a 7.387 pontos.

Em FRANKFURT, o índice DAX caiu 0,49 por cento, a 12.203 pontos.

Em PARIS, o índice CAC-40 perdeu 0,57 por cento, a 5.146 pontos.

Em MILÃO, o índice Ftse/Mib teve desvalorização de 0,89 por cento, a 21.788 pontos.

Em MADRI, o índice Ibex-35 registrou baixa de 0,95 por cento, a 10.443 pontos.

Em LISBOA, o índice PSI20 desvalorizou-se 0,32 por cento, a 5.243 pontos.

(Por Kit Rees e Helen Reid)

((Tradução Redação São Paulo, 55 11 5644 7509))

REUTERS TF CMO

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below