22 de Agosto de 2017 / às 22:34 / em 3 meses

Disparada das ações mostra que mercado vê potencial na Eletrobras, diz CEO

RIO DE JANEIRO (Reuters) - A disparada das ações da Eletrobras nesta terça-feira mostrou que mercado entendeu que elétrica tem potencial e pode se livrar de algumas amarras típicas de empresas controladas pelo governo, afirmou à Reuters o presidente-executivo da companhia, Wilson Ferreira Jr..

Segundo ele, ao deixar de ser no futuro uma empresa majoritariamente sob controle da União, a Eletrobras será mais ágil e dinâmica, não ficará mais sujeita a amarras como a Lei de Licitações e poderá contratar profissionais reconhecidos do mercado.

Ele disse acreditar também que ainda há espaço para mais valorização dos papéis da companhia. A ação ordinária da estatal avançou 49,3 por cento, a 21,20 reais, enquanto a preferencial se valorizou em 32,08 por cento, a 23,55 reais, após o governo anunciar planos de privatizar a empresa na véspera.

“Agora a empresa vale 30 bilhões de reais, mas o patrimônio líquido nosso é de 50 bilhões. A gente ainda não vale o nosso patrimônio porque quando se é estatal o mercado coloca uma série de descontos”, afirmou ele.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below