25 de Agosto de 2017 / às 20:57 / um mês atrás

Ibovespa fecha praticamente estável, mas acumula 5ª alta semanal seguida

SÃO PAULO (Reuters) - O principal índice da bolsa paulista fechou a sessão tranquila desta sexta-feira com ligeira variação negativa, mas acumulou ganhos pela quinta semana seguida diante de perspectivas internas positivas e com o exterior favorável.

O Ibovespa fechou com variação negativa de 0,08 por cento, a 71.073 pontos, acumulando ganho de 3,43 por cento na semana. A sessão foi marcada por poucas oscilações, com o índice subindo 0,52 por cento na máxima do dia e recuando 0,47 por cento na mínima.

O giro financeiro somou 6,46 bilhões de reais, abaixo da média diária para o mês até a véspera, de 9,03 bilhões de reais.

O rali desta semana, que levou o Ibovespa a recuperar na véspera o patamar dos 71 mil pontos, veio principalmente na esteira de anúncios de privatizações e avanços no Congresso Nacional.

“Foi uma semana forte... Passou TLP (Taxa de Longo prazo, que teve o texto-base aprovado em plenário da Câmara dos Deputados na véspera), o governo parece que está recuperando forças pra aprovar coisas e o ciclo de corte de juros está bastante consolidado”, disse o estrategista da Fator Administração de Recursos, Paulo Gala.

Nesta sessão, os líderes dos principais bancos centrais do mundo não trouxeram novidades sobre a condução da política monetária, o que ajudou a manter o tom tranquilo do pregão, com a percepção de que o movimento de aperto monetário seguira gradual nos Estados Unidos.

Pela manhã, a chair no Federal Reserve, banco central norte-americano, Janet Yellen, não falou sobre política monetária em seu discurso em Jackson Hole, nos Estados Unidos, e perto do fim do pregão, o presidente do Banco Central Europeu (BCE), Mario Draghi, frustrou as expectativas e não trouxe sinalizações sobre o futuro do programa de compra de ativos.

DESTAQUES

- JBS ON subiu 5,34 por cento, após a homologação do acordo de leniência da holding J&F, controladora da empresa de alimentos pela Câmara de Combate à Corrupção do Ministério Público Federal, o que reduz incertezas sobre a empresa.

- PETROBRAS PN subiu 0,58 por cento e PETROBRAS ON ganhou 0,56 por cento, em sessão positiva para os preços do petróleo no mercado internacional. Também no radar estava a aprovação da petrolífera de um aporte de 6,3 bilhões de reais e reestruturação societária da BR Distribuidora. Para os analistas da XP Investimentos, a operação é feita para a abertura de capital da BR e a equipe diz acreditar que a Petrobras “mais do que recupere esse valor” com a oferta inicial de ações da unidade (IPO).

- NATURA ON recuou 3 por cento, liderando a ponta negativa do Ibovespa, em movimento de ajuste após subir nos três pregões anteriores, período em que acumulou alta de 8,3 por cento.

- VALE ON recuou 0,15 por cento, após trocar de sinal algumas vezes ao longo do dia, com a alta recente da ação, que acumulou ganho de 8,6 por cento nas cinco sessões anteriores, abrindo espaço para algum ajuste.

Edição Alberto Alerigi Jr.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below