28 de Agosto de 2017 / às 17:19 / em 3 meses

CORREÇÃO-Tyson Foods diz que não foi punida em investigação sobre fixação de preços de frango

(Corrige 3º parágrafo da notícia publicada em 25 de agosto para remover referência a intimações da Pilgrim’s Pride e Sanderson Farms)

(Reuters) - A processadora de carnes Tyson Foods disse que os reguladores dos Estados Unidos não recomendaram qualquer ação punitiva após concluírem uma investigação relacionada a alegações de que a empresa fixou os preços do frango juntamente com outras companhias durante anos.

A maior processadora de carnes dos EUA e algumas outras grandes empresas do setor foram acusadas de violação antitruste relacionada ao preço e produção de frangos de corte e pagamentos aos produtores.

Tyson recebeu uma intimação do órgão regulador de valores mobiliários dos Estados Unidos em 20 de janeiro, após consumidores de frangos norte-americanos terem movido um processo ano passado.

Por Gayathree Ganesan

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below