1 de Setembro de 2017 / às 16:57 / 21 dias atrás

Mercados acionários europeus avançam com resultados corporativos, mas Indivior despenca

LONDRES (Reuters) - Os mercados acionários europeus começaram setembro com firmeza nesta sexta-feira após três meses de quedas diante da alta da indústria e com os resultados da Vivendi impulsionando as ações de mídia.

O índice FTSEurofirst 300 subiu 0,61 por cento, a 1.478 pontos, enquanto o índice pan-europeu STOXX 600 ganhou 0,6 por cento, a 376 pontos.

O índice de blue-chips da zona do euro também avançou 0,6 por cento. A queda do euro ante o dólar ajudou os mercados.

“Há alguma volatilidade específica nas ações, mas, em geral, acho que os mercados ainda estão relativamente bem sustentados pelo ambiente de juros baixos, então provavelmente esse será o caso para futuro próximo”, disse o analista sênior da Hargreaves Lansdown Laith Khalaf.

“Embora exista algum... sentimento negativo em relação aos mercados, penso que os investidores realmente não vão para nenhum outro lugar porque os títulos estão rendendo muito pouco e o dinheiro está rendendo muito pouco”, acrescentou Khalaf.

As ações da empresa de mídia francesa Vivendi subiram 5,21 por cento depois que o grupo confirmou sua perspectiva, relatando crescimento do lucro melhor que o esperado para o ano. O setor de mídia da Europa avançou 0,9 por cento.

Entretanto, as ações da Indivior caíram 36 por cento, a maior queda de um dia depois que a empresa disse que vai recorrer da decisão de um tribunal dos Estados Unidos de que a fabricante de remédios genéricos Dr Reddy’s não infringiu suas patentes, potencialmente abrindo caminho para um rival ao tratamento de vício da empresa Suboxone Film.

Em LONDRES, o índice Financial Times avançou 0,11 por cento, a 7.438 pontos.

Em FRANKFURT, o índice DAX subiu 0,72 por cento, a 12.142 pontos.

Em PARIS, o índice CAC-40 ganhou 0,74 por cento, a 5.123 pontos.

Em MILÃO, o índice Ftse/Mib teve valorização de 0,87 por cento, a 21.858 pontos.

Em MADRI, o índice Ibex-35 registrou alta de 0,25 por cento, a 10.325 pontos.

Em LISBOA, o índice PSI20 valorizou-se 0,75 por cento, a 5.195 pontos.

Por Kit Rees

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below