7 de Setembro de 2017 / às 14:02 / em 3 meses

UE rejeita proposta de medidas antidumping para aço de Brasil, Irã, Rússia e Ucrânia

BRUXELAS (Reuters) - Governos da União Europeia (UE) rejeitaram nesta quinta-feira proposta para impor medidas antidumping contra o aço laminado a quente do Brasil, Irã, Rússia e Ucrânia.

A Comissão Europeia, que supervisiona a política comercial dos 28 países membros da UE, apresentou plano de cobrar tarifas de até 33 por cento sobre o produto, usado em construção e maquinários, dos quatro países.

Mas os países da UE se opuseram à proposta. Alguns acreditam que as medidas eram muito fracas e outros as consideraram como muito fortes, de acordo com fontes do bloco.

A Comissão também propôs que as tarifas não se aplicariam, se o produto fosse vendido ao preço mínimo de 472,27 euros por tonelada ou acima deste nível, mas a medida também foi recusada.

A proposta de preço mínimo ainda foi contestada pela federação das siderúrgicas europeias, a Eurofer, que havia apresentado queixa contra as importações.

Por Philip Blenkinsop

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below