8 de Setembro de 2017 / às 11:24 / 16 dias atrás

Western Digital busca US$464 mi da Apple para financiar compra de unidade de chips da Toshiba

Escritório da Western Digital em Irvine, Califórnia, Estados Unidos 24/01/2017 REUTERS/Mike Blake

TÓQUIO (Reuters) - Um grupo do qual a norte-americana Western Digital faz parte busca cerca de 50 bilhões de ienes (464 milhões de dólares) da gigante Apple para ajudar a financiar uma proposta de aquisição da unidade de chips de memória da Toshiba, informou nesta sexta-feira a agência de notícias Kyodo.

A Western Digital, que investe juntamente com a Toshiba na importante unidade de chips do conglomerado japonês, lidera uma proposta de 17 bilhões a 18 bilhões de dólares pela unidade, de acordo com pessoas familiarizadas com as negociações.

No início da semana, fontes disseram que a empresa norte-americana teria se oferecido para deixar um consórcio que financiaria a aquisição da divisão de chips em troca de uma posição mais forte na joint venture com a Toshiba, e estaria sondando a Apple para financiamento.

Mas não estava claro se outras partes no consórcio, que também inclui o grupo norte-americano de private equity KKR & Co LP, bem como investidores apoiados pelo governo japonês, pagariam mais para cobrir os 15 bilhões de ienes que a Western Digital anteriormente planejava destinar à aquisição.

Fontes afirmaram que a Western Digital deseja uma futura participação no negócio de chips, embora não estivesse claro quanto.

Executivos da Toshiba, temendo que a Western Digital esteja se articulando para eventualmente assumir o controle da divisão de chips, exigem que a companhia norte-americana se comprometa a limitar o tamanho de sua participação no negócio, disseram fontes na condição de anonimato porque as conversas eram confidenciais.

O conselho da Toshiba agora espera chegar a um acordo final com o consórcio até 13 de setembro, de acordo com as fontes.

A companhia está sob pressão para firmar um acordo logo e obter aprovações regulatórias até o fim do ano fiscal, em março, de modo a garantir que seus passivos não excedam os ativos pelo segundo ano consecutivo --um cenário que poderia resultar na deslistagem das ações da bolsa de Tóquio.

Na semana passada, a Toshiba informou que ainda não tinha reduzido o grupo de interessados no ativo e que estava analisando uma oferta do grupo norte-americano de private equity Bain, bem como uma proposta da taiuanesa Foxconn.

As três envolvem a Apple, que é importante cliente de chips de memória da Toshiba, segundo as fontes.

Uma porta-voz da Western Digital disse à Reuters que não comentaria sobre os detalhes das conversas. A Apple, por sua vez, não respondeu imediatamente ao pedido de comentário feito por email.

(Por Makiko Yamazaki e Ritsuko Ando)

((Tradução Redação São Paulo; 55 11 56447553))

REUTERS GM NS

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below