11 de Setembro de 2017 / às 19:43 / em 2 meses

Processos contra a Equifax se amontoam após vazamento de dados

(Reuters) - Mais de duas dúzias de ações judiciais foram movidas nos Estados Unidos contra a Equifax depois que a empresa de informações de crédito disse que ladrões podem ter roubado dados pessoais de 143 milhões de norte-americanos em um dos maiores ataques hacker na história

Pelo menos 24 ações judiciais federais relacionadas ao vazamento foram apresentadas no domingo, após a revelação pública do ocorrido pela Equifax e mais foram movidos na segunda-feira, mostram os autos. A maioria provavelmente será combinada em uma única peça de litígio nacional.

A Equifax disse ter descoberto o ataque em 29 de julho e estabelecido procedimentos com o objetivo de ajudar as pessoas a proteger seus números de seguridade social e outras informações de identificação. (www.equifaxsecurity2017.com)

Alguns processos criticaram a oferta da Equifax de um ano de monitoramento de crédito gratuito feito pelo seu produto TrustedID, e um deles sugeriu que a companhia poderia estar fazendo isso para criar bases para oferta de serviços mais caros adiante.

A ação citou um documento de 22 de fevereiro em que a Equifax, com sede em Atlanta, disse que mais empresas estão oferecendo serviços gratuitos ou de baixo custo, como pontuação de crédito, relatórios e monitoramento “como meio de introduzir os consumidores a produtos e serviços premium”.

Por Jonathan Stempel

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below