15 de Setembro de 2017 / às 12:18 / em 6 dias

CEO da Fortescue anuncia que deixará o cargo em meio a mudanças na companhia

SYDNEY (Reuters) - O presidente executivo da Fortescue Metals Group, Neville Power, anunciou que deixará o cargo em fevereiro, em um movimento voluntário, mas surpreendente, que derrubou as ações da empresa, quarta maior produtora de minério de ferro do mundo, que tem buscado diversificar a atuação para além da mineração.

As ações da companhia fecharam com queda de 4 por cento, a 5,81 dólares australianos, menor nível em quase um mês. A saída de Power após mais de seis anos no cargo foi anunciada poucas semanas após o executivo de 59 anos levar a companhia a pagar dividendos recordes, após dobrar os lucros anuais.

O anúncio, visto como “uma grande perda para a Fortescue”, segundo a Macquarie Securities, surge em um ponto de inflexão para a mineradora avaliada em 14 bilhões de dólares.

O presidente do conselho de administração e fundador da companhia, Andrew Forrest, disse a jornalistas nesta sexta-feira que a Fortescue agora busca se movimentar para outros negócios, ainda não revelados.

A empresa não definiu um sucessor para Power e nem disse ainda quando haverá uma nomeação.

O diretor financeiro da empresa, Greg Lilleyman, que chegou à companhia em janeiro, vindo da rival Rio Tinto, é visto como um potencial sucessor.

Power disse ao sair que irá inicialmente focar seu tempo em seus negócios particulares, além de trabalhar na fazenda de sua família.

Por James Regan

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below