19 de Setembro de 2017 / às 23:23 / 2 meses atrás

CNSeg reduz previsão de crescimento do setor de seguros para 2017

RIO DE JANEIRO (Reuters) - A Confederação das Seguradoras (CNseg) reduziu nesta terça-feira a projeção de alta do faturamento do setor em 2017, sob pressão de segmentos como seguros de saúde e previdência.

A previsão da entidade agora é de que o volume de prêmios neste ano cresça no intervalo de 6,9 a 7,5 por cento sobre 2016, ante uma estimativa anterior de alta de 8 a 10,5 por cento. No ano passado, o faturamento do setor subiu 9,5 por cento.

A expectativa para os planos de previdência VGBL passou de um crescimento faturamento de 11 para 4 por cento. Já os planos de saúde devem ter um crescimento de entre 9,9 e 10,3 por cento, ante projeção anterior de 11,4 a 12,8 por cento.

“Acho que mesmo com essa redução nas projeções ainda vai ser um ano razoável”, disse o presidente da CNseg, Marcio Coriolano. “Os demais setores da economia mostram reação, mas a base deles é muito baixa”, disse.

Segundo ele, com a queda nos juros, muitos investidores deixaram as aplicações em VGBL para apostar em outros produtos.

Para tentar compensar a queda simultânea de receitas com prêmios e receitas financeiras, disse Coriolano, as seguradoras devem intensificar o controle das despesas.

“Tem instrumentos compensatórias para o mercado como redução de despesas administrativas, há um movimento de terceirização e redução nas despesa de comercialização”, declarou ele.

A CNseg ainda não tem estimativas para o faturamento do setor em 2018.

Por Rodrigo Viga Gaier

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below