21 de Setembro de 2017 / às 15:04 / 2 meses atrás

Dólar sobe ante real após decisão Fed e de olho no STF

SÃO PAULO (Reuters) - O dólar avançava ante o real nesta quinta-feira, monitorando, de um lado, a trajetória de alta da moeda ante outras divisas emergentes no exterior um dia depois de o banco central norte-americano ter ampliado as expectativas de nova alta de juros no país ainda este ano, e, de outro, o cenário interno, em meio a notícias econômicas positivas.

Notas de reais e dólares em uma casa de câmbio no Rio de Janeiro 10/09/2015 REUTERS/Ricardo Moraes

Às 11:59, o dólar avançava 0,38 por cento, a 3,1412 reais na venda. Na mínima, a moeda marcou 3,1258 reais e, na máxima, 3,1430 reais. O dólar futuro subia 0,15 por cento.

“Não existe um movimento de aperto monetário forte nos Estados Unidos, o que dilui um pouco a pressão do dólar. Além disso, há uma conjuntura favorável na esfera econômica, deixando a moeda mais resiliente”, explicou o presidente do correspondente cambial Remessa Online, Fernando Pavani.

Ele se referia à trajetória benigna dos índices de inflação, após o IPCA-15 mais baixo do que o previsto em setembro, e também às projeções de inflação favoráveis à frente apresentadas no Relatório Trimestral do Banco Central, ambos divulgados nesta quinta-feira.

No cenário externo, o dólar caía ante uma cesta de moedas, depois de ter atingido a máxima de dois meses na véspera após o Federal Reserve, banco central norte-americano, ter ampliado as expectativas de alta de juros este ano.

A realização chegou a ser interrompida momentaneamente após os dados de auxílio-desemprego. Mas o dólar seguia em alta ante moedas emergentes, como os pesos chileno e mexicano.

Mais juros tendem a atrair de volta aos EUA recursos aplicados hoje em outras praças, como a brasileira.

Os investidores ainda seguem de olho na cena política nacional, um dia depois que a maioria dos ministros do Supremo Tribunal Federal votou para rejeitar pedido da defesa do presidente Michel Temer para barrar o envio imediato da denúncia feita contra ele para a Câmara dos Deputados. O julgamento, suspenso na véspera, continua nesta quinta-feira.

“Existe um consenso de que o Congresso não vai aceitar a segunda denúncia (contra Temer)”, avaliou Pavani.

O BC vendeu integralmente a oferta de até 12 mil contratos de swap cambial tradicional --equivalentes à venda futura de dólares-- no leilão para rolagem do vencimento de outubro. Desta forma, até agora já foram rolados 3,0 bilhões de dólares do total de 9,975 bilhões de dólares que vence no mês que vem.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below