25 de Setembro de 2017 / às 10:56 / em 2 meses

Confiança empresarial na Alemanha piora inesperadamente antes da eleição

BERLIM (Reuters) - A confiança empresarial da Alemanha se deteriorou inesperadamente nas semanas antes da eleição de domingo, mostrou uma pesquisa nesta segunda-feira, sugerindo que a retomada liderada pelo consumo pode perder força nos próximos meses.

O instituto econômico Ifo informou que seu índice de clima de negócios, com base em uma pesquisa mensal junto a cerca de 7 mil empresas, caiu a 115,2 de 115,9 em agosto. A expectativa em pesquisa da Reuters era de uma leitura de 116,0.

A pesquisa do Ifo foi realizada nas três semanas anteriores à eleição em que a chanceler Angela Merkel conquistou o quarto mandato, mas em que deve mudar os parceiros de coalizão, o que significa que o levantamento não leva em conta o resultado do pleito.

A queda no índice deveu-se ao fato de os gerentes terem feito uma avaliação mais pessimista sobre a atual situação de negócios, além de um cenário mais sombrio para os próximos seis meses.

“Suspeitamos que uma causa mais provável para a queda é a recente força do euro, e não a incerteza política”, disse o analista da Capital Economics Stephen Brown.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below