27 de Setembro de 2017 / às 18:40 / em 2 meses

CEO da Petrobras crê ser possível haver pré-sal em áreas adquiridas em Campos

RIO DE JANEIRO (Reuters) - A possibilidade de haver pré-sal em áreas adquiridas pela Petrobras na bacia de Campos, durante leilão desta quarta-feira, pesou na decisão da empresa de realizar lances bilionários pelos blocos em parceria com a norte-americana Exxon Mobil, disse a jornalistas o presidente da estatal, Pedro Parente.

Pedro Parente, presidente da Petrobras, participa da 14ª Rodada de licitação de blocos de petróleo e gás no Rio de Janeiro, Brasil 27/09/2017 REUTERS/Bruno Kelly

“Não pagaríamos o valor que pagamos se não tivéssemos informações de que isso (áreas em Campos) vale”, disse ele ao ser questionado sobre o assunto.

“(Pré-sal) É uma possibilidade nessas áreas porque está vizinho ao pré-sal, e vamos aprofundar isso no momento da exploração”, adicionou ele.

A 14ª Rodada de Licitação de blocos de petróleo e gás terminou com bônus total de recorde de 3,842 bilhões de reais, com 95 por cento desse montante sendo arrecadado em lances por blocos na Bacia de Campos feitos pela Petrobras e a norte-americana Exxon.

Por Rodrigo Viga Gaier, Pedro Fonseca e Alexandra Alper

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below