29 de Setembro de 2017 / às 10:45 / em 2 meses

Mercados acionários chineses avançam com expectativa de reformas nas estatais

SYDNEY/XANGAI (Reuters) - Os mercados acionários da China avançaram nesta sexta-feira, impulsionados pelas expectativas de novas reformas nas empresas estatais e pela força das empresas de consumo, com os investidores apostando que os consumidores vão gastar bastante durante o feriado de uma semana do Dia Nacional.

O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, avançou 0,37 por cento, enquanto o índice de Xangai teve alta de 0,29 por cento.

O CSI300 acumulou alta de 0,4 por cento no mês e 4,6 por cento no trimestre, levando a um avanço até agora neste ano de cerca de 16 por cento. Boa parte dessa alta se deve ao setor de recursos básicos, graças ao boom de construção que já dura um ano no país.

O SSEC caiu 0,4 por cento em setembro, mas acumulou alta de 4,9 por cento no trimestre e de 7,8 por cento neste ano.

A maioria dos setores avançou no último dia de negociação antes do feriado de uma semana, com o índice do setor de consumo da China avançando 0,8 por cento.

Os mercados chineses ficarão fechados na próxima semana devido ao feriado e não vão operar até o dia 9 de outubro.

O foco está agora no Congresso do Partido Comunista a partir de 18 de outubro, uma reunião que ocorre a cada cinco anos na qual novos líderes são nomeados e as principais iniciativas políticas e econômicas do governo são apresentadas, embora os detalhes geralmente sejam anunciados muito depois.

Os operadores também estarão atentos aos dados econômicos de setembro, com o PIB do terceiro trimestre sendo divulgado em 19 de outubro. As preocupações de que o crescimento econômico robusto da China esteja começando a desacelerar provocaram algumas vendas nesta semana, embora a maioria dos analistas não espere uma desaceleração acentuada.

O índice MSCI se recuperava nesta sexta-feira, depois de uma semana difícil em que o risco de aumento dos juros nos Estados Unidos impulsionou os rendimentos dos Treasuries para as máximas de nove anos e deixou o dólar no caminho de ter a melhor semana deste ano.

O índice MSCI, que reúne ações da região Ásia-Pacífico com exceção do Japão, tinha alta de 0,55 por cento às 7:43 (horário de Brasília).

. Em TÓQUIO, o índice Nikkei recuou 0,03 por cento, a 20.356 pontos.

. Em HONG KONG, o índice HANG SENG subiu 0,48 por cento, a 27.554 pontos.

. Em XANGAI, o índice SSEC ganhou 0,29 por cento, a 3.349 pontos.

. O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em XANGAI e SHENZHEN, avançou 0,37 por cento, a 3.836 pontos.

. Em SEUL, o índice KOSPI teve valorização de 0,90 por cento, a 2.394 pontos.

. Em TAIWAN, o índice TAIEX registrou alta de 0,33 por cento, a 10.329 pontos.

. Em CINGAPURA, o índice STRAITS TIMES desvalorizou-se 0,22 por cento, a 3.219 pontos.

. Em SYDNEY o índice S&P/ASX 200 avançou 0,20 por cento, a 5.681 pontos.

Por Wayne Cole, Samuel Shen e John Ruwitch

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below