2 de Outubro de 2017 / às 16:57 / em 2 meses

Nissan fará recall de todos os carros novos vendidos no Japão nos últimos 3 anos

YOKOHAMA (Reuters) - A Nissan disse nesta segunda-feira que fará um recall de todos os 1,2 milhão de novos carros de passageiros vendidos no Japão nos últimos três anos, após descobrir que inspeções finais dos veículos não foram feitas por técnicos autorizados.

O recall é o segundo incidente recente de grande porte envolvendo má conduta de uma montadora japonesa, após a Mitsubishi admitir em abril de 2016 que falsificou a economia de combustível para alguns no mercado doméstico.

Segunda maior montadora do Japão, a Nissan disse fará o recall de 1,21 milhão de veículos de passageiros produzidos para o mercado doméstico entre outubro de 2014 e setembro de 2017, incluindo a minivan Serena e o hatch compacto Note, que estão entre os mais vendidos da companhia.

Todos os veículos revistos serão submetidos a novas inspeções para verificações finais em funções como raio de direção, capacidade de frenagem e aceleração, com um custo de cerca de 25 bilhões de ienes (222 milhões de dólares).

“Devemos levar em consideração a estrutura e os procedimentos de registro, independentemente de quão ocupados estamos ou quão desfalcados estejamos”, disse o presidente-executivo Hiroto Saikawa a jornalistas. “Pedimos desculpas pelo inconveniente causado aos nossos clientes”.

Por Shiraki e Naomi Tajitsu

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below