2 de Outubro de 2017 / às 20:07 / 20 dias atrás

BRF espera impacto positivo de R$310 mi com inclusão de dívida em programa

SÃO PAULO (Reuters) - A empresa de alimentos BRF informou nesta segunda-feira que espera impacto positivo de 310 milhões de reais no resultado do terceiro trimestre com a inclusão de 455 milhões de reais em dívidas fiscais em programa de regularização tributária.

Logo da empresa de alimentos BRF em Lucas do Rio Verde, no Estado do Mato Grosso, Brasil 27/07/2017 REUTERS/Nacho Doce

A dívida inclui tributos relativos a PIS, Cofins, CSLL. Segundo a companhia, do total do impacto positivo a ser registrado no balanço, 220 milhões de reais virão na linha do resultado financeiro do período.

A BRF afirmou que 20 por cento do valor nominal dos débitos será pago em parcelas mensais até dezembro deste ano e o restante será pago em 145 parcelas mensais.

“Em função da renúncia da discussão judicial dos débitos mencionados acima, a companhia desvinculou o processo ativo de recuperação do crédito prêmio de IPI da causa passiva, e reconheceu, portanto, um tributo a recuperar no montante aproximado de 640 milhões de reais”, disse a BRF em comunicado.

A ação da da BRF fechou em baixa de 0,7 por cento, em fechamento preliminar. O Ibovespa fechou estável.

Na sexta-feira, o governo federal publicou medida provisória prorrogando a adesão ao programa de renegociação tributária, Refis, para 31 de outubro, ampliando a janela para que as leis sobre os temas sejam votadas no Congresso Nacional.

Por Alberto Alerigi Jr.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below