February 17, 2018 / 7:01 PM / 9 months ago

Juiz aprova o plano de recuperação da Takata nos EUA

WILMINGTON (Reuters) - A unidade da Takata nos EUA recebeu aprovação judicial para o seu plano de recuperação judicial, disse um escritório de advocacia neste sábado, abrindo o caminho para uma venda de 1,6 bilhão de dólares em ativos da Takata e compensando os feridos por falhas em airbags da empresa.

A Takata e sua unidade norte-americana, TK Holdings, foram à falência no ano passado após o maior recall automotivo na história. Os airbags da empresa podem se inflar com muita força e pulverizar fragmentos de metal, e foram ligados a centenas de feridos e pelo menos 22 mortes.

“Estamos satisfeitos que o juiz (Brendan) Shannon tenha aprovado o que acreditamos ser opções justas para as vítimas atuais e futuras dos airbags Takata que fornecem uma resolução rápida e permitem que as vítimas tentem seguir em frente com suas vidas”, disse o escritório de advocacia Motley Rice.

O escritório de advocacia representou mais de duas dúzias de motoristas feridos no caso de falência dos EUA.

O plano de reorganização da unidade norte-americana incluirá os fundos fornecidos pelas montadoras para ajudar a compensar os feridos pelos airbags.

As empresas do grupo não ligadas a airbags estão sendo vendidas para a Key Safety Systems, unidade da chinesa Ningo Joyson Electric.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below