February 22, 2018 / 1:05 PM / 3 months ago

Quarles, do Fed, diz que aumentos graduais dos juros nos EUA são "apropriados"

TÓQUIO (Reuters) - O diretor do Federal Reserve Randal Quarles juntou-se nesta quinta-feira àqueles no banco central dos Estados Unidos que pedem aumentos na taxa de juros em meio à elevação do otimismo das empresas e ao crescimento mais rápido da maior economia do mundo.

“Eu prevejo que novos aumentos graduais nos juros serão apropriados para sustentar um mercado de trabalho saudável e estabilizar a inflação em torno de nosso objetivo de 2 por cento”, disse Quarles, um dos mais recentes membros votantes do Fed, em declarações preparadas para o Instituto de Assuntos Monetários Internacionais em Tóquio.

“A economia dos EUA parece estar se apresentando muito bem e, certamente, está na melhor forma desde a crise e, por muitas métricas, desde bem antes da crise”, disse ele.

As declarações de Quarles ressaltam o consenso geral no banco central para uma manutenção durante a administração do novo chair do Fed, Jerome Powell, do lento aperto da política monetária que foi iniciado por sua antecessora, Janet Yellen.

Observando um aumento no otimismo das empresas, no investimento empresarial, um fortalecimento do mercado de trabalho e um ritmo acelerado de crescimento econômico, Quarles disse que os fundamentos da economia dos EUA são fortes.

Embora a inflação continue abaixo da meta do Fed de 2 por cento apesar do desemprego estar na mínima de 17 anos, a 4,1 por cento, ele disse que um desvio de alguns décimos de 1 ponto percentual da meta, especialmente quando se espera que isso vá desaparecer, não lhe causa grande preocupação.

Além disso, concluiu Quarles, a reforma tributária de 1,5 trilhão de dólares da administração Trump, juntamente com outras medidas fiscais, “poderia ajudar a sustentar o impulso da economia, em parte aumentando a demanda e, possivelmente, aumentando a capacidade potencial da economia por meio do incentivo ao investimento e apoiando a participação da força de trabalho”.

O baixo crescimento da produtividade, causado em parte pelo fraco investimento, está afetando as perspectivas de longo prazo do crescimento econômico dos EUA e deve ser um ponto crítico para os membros votantes, disse.

Por Leika Kihara

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below