February 27, 2018 / 3:18 PM / 6 months ago

JetBlue começa conversas sobre possível substituição de frota de jatos da Embraer

MONTREAL/NOVA YORK (Reuters) - A Jet Blue Airways se reuniu com a fabricante de aviões canadense Bombardier e também tinha planos para se encontrar com a Embraer neste mês, de acordo com um email interno visto pela Reuters, em um sinal de que as negociações sobre a substituição da frota companhia aérea norte-americana estão avançando.

A companhia aérea de baixo custo JetBlue disse anteriormente estar avaliando substituir sua frota de cerca de 60 aeronaves E-190 da Embraer, de 100 assentos, em uma campanha que põe os jatos CSeries da Bombardier contra o modelo mais recente da rival brasileira, o E190-E2.

Executivos da JetBlue se encontraram com o presidente-executivo da Bombardier, Alain Bellemare, na segunda-feira, na fábrica de Montreal, disse uma fonte da indústria, confirmando notícias divulgadas na mídia. A fonte disse que a JetBlue não fechou qualquer acordo com as fabricantes de aeronaves. Uma porta-voz da Bombardier recusou-se a comentar sobre o assunto.

A JetBlue disse em uma declaração que “está explorando uma gama completa de opções, desde manter a atual frota até a substituição completa com um modelo de aeronave alternativa”.

A Embraer está determinada a manter a JetBlue como cliente-chave, enquanto a Bombardier quer crescer as vendas nos Estados Unidos depois que uma agência de comércio decidiu que a fabricante de aviões e trens canadense poderia vender seus aviões CSeries de 110 a 130 lugares para as companhias aéreas norte-americanas livre de imposto de importação após uma disputa com a Boeing.

O email de 17 de fevereiro diz que “a equipe da Bombardier estava para discutir o suporte e a manutenção para seus CSeries. E mais tarde, neste mês, teremos a chance de dar uma olhada no Embraer E2”.

Não estava claro se JetBlue já viu o E2 e um porta-voz da Embraer não pode responder imediatamente na segunda-feira à noite.

Em janeiro, a JetBlue disse que prolongaria uma revisão interna sobre o futuro de sua frota em um momento de mudança na aviação comercial. A Embraer está negociando uma parceria com a Boeing, enquanto a Bombardier está trabalhando para concluir um acordo que dê uma participação majoritária no programa CSeries para a Airbus.

Por Allison Lampert em Montreal e Alana Wise em Nova York

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below